Não perca tempo. Agende já sua consulta ou exame.

Quais as diferenças entre nutrólogo e nutricionista?

por

É comum que muitas pessoas não saibam a diferença entre nutrólogo e nutricionista. Afinal, são duas profissões que se relacionam no dia a dia. No entanto, suas atuações são voltadas para áreas diferentes. Por isso, é preciso ficar atento para quais as condições e necessidades de cada paciente. Separamos um conteúdo especial com todas as […]

Ambas as profissões se preocupam com a qualidade dos alimentos e a saúde do paciente (Foto: Reprodução)

É comum que muitas pessoas não saibam a diferença entre nutrólogo e nutricionista. Afinal, são duas profissões que se relacionam no dia a dia.

No entanto, suas atuações são voltadas para áreas diferentes.

Por isso, é preciso ficar atento para quais as condições e necessidades de cada paciente.

Separamos um conteúdo especial com todas as diferenças entre nutrólogo e nutricionista para você conhecer e saber quando procurar esses especialistas.

O que faz um nutrólogo?

Um nutrólogo é formado em nutrologista, e sua especialidade é avaliar o impacto dos nutrientes no organismo.

Além disso, é capaz de fazer diagnósticos e tratamentos para doenças nutricionais.

Por exemplo, diabetes, hipertensão, obesidade ou distúrbios alimentares.

É função do nutrólogo identificar maus hábitos alimentares e tratá-los adequadamente.

Ele realiza o acompanhamento periódico e promove uma educação a longo prazo, para tratar doenças sem uso de medicamentos.

O nutrólogo também estuda o impacto dos alimentos, propondo soluções que se adaptem ao organismo de cada paciente.

O que faz um nutricionista?

Por outro lado, o nutricionista é formado em nutrição, e sua principal função é prescrever e administrar cardápios personalizados.

Esse profissional faz orientações para oferecer equilíbrio nutricional para seus pacientes. Além de dietas, também prescreve suplementos e medicamentos, quando necessário.

Um dos principais objetivos é a reeducação alimentar, ganho ou perda de peso, qualidade de vida e práticas saudáveis.

Sempre respeitando a rotina e limites de cada organismo.

O nutricionista prepara cardápios completos, faz acompanhamentos de dietas, indica os melhores alimentos e avalia a qualidade das refeições.

Quais as principais diferenças entre nutrólogo e nutricionista?

Uma das principais diferenças entre nutrólogo e nutricionista é a formação acadêmica.

Enquanto o nutrólogo é formado em Nutrologia, uma especialização da Medicina, o nutricionista cursa Nutrição.

A princípio, o nutrólogo avalia o impacto dos nutrientes no organismo e na vida das pessoas. Isso é possível através de estudos e exames.

Enquanto isso, o nutricionista faz orientações para alimentações equilibradas e mudança de hábitos alimentares.

De fato, as profissões são complementares. Por exemplo, o paciente procura um nutrólogo para descobrir o que está causando um ganho de peso acima do normal.

Depois de descobrir o que está acontecendo, ele pode frequentar um nutricionista para adaptar seus novos hábitos alimentares.

Ambos os profissionais atuam juntos, mas com especialidades diferentes.

É comum que nutricionistas possuam um conhecimento muito mais específico de cada grupo de alimentos.

Por outro lado, nutrólogos são responsáveis por estudar o que esses alimentos oferecem para o corpo.

Dessa forma, suas atividades se tornam mais completas se forem procuradas juntas.

Mas, se seu objetivo é emagrecer, ou ganhar peso, não é preciso procurar um nutrólogo.

Do mesmo modo, um nutricionista não irá descobrir um problema do organismo ou apresentar um diagnóstico mais preciso.

Diferenças para o endocrinologista

Além das diferenças entre nutrólogo e nutricionista, algumas pessoas também podem se perguntar qual a função do endocrinologista, e confundir as três profissões.

O endocrinologista é o médico responsável por alterações hormonais e no organismo. Por exemplo, ele pode tratar de:

  • Problemas na tireoide;
  • Obesidade;
  • Distúrbios menstruais;
  • Excesso ou falta de pelos;
  • Colesterol;
  • Diabetes.

Diversas doenças pode causar problemas no organismo e afetar o apetite ou absorção de nutrientes.

Por isso, é essencial que o trabalho de todos esses profissionais seja relacionado. Dessa forma, o paciente obterá os melhores resultados possíveis.

Um nutricionista indica os melhores alimentos para cada paciente, e um nutrólogo estuda o impacto dos nutrientes no organismo (Foto: Reprodução)

Depois de entender a diferença entre nutrólogo e nutricionista, é importante conhecer as situações em que é necessário procurar os serviços desses médicos.

Se o objetivo é emagrecer, ou passar por uma reeducação alimentar, o nutricionista é mais adequado.

Ele irá indicar dietas, cardápios personalizados, rotinas de exercício e fazer o acompanhamento para atingir a meta estabelecido.

Por outro lado, se você identificou um distúrbio alimentar, não entende porque não consegue atingir determinado peso ou apresenta reações adversas, pode procurar um nutrólogo.

Assim, ele irá fazer uma série de exames para avaliar o impacto dos nutrientes no seu corpo. Por exemplo, descobrir alergias, rejeição de certos alimentos ou problemas hormonais.

Se for o caso, também é possível acionar um endocrinologista.

No entanto, se a causa do problema for desconhecida, não tem problema procurar qualquer um dos dois profissionais.

Depois da avaliação, eles irão encaminhá-lo para a área especializada, e atuar juntos para resolver a situação.

Conclusão: Vale a pena procurar um nutrólogo ou nutricionista?

Cuidados específicos com a saúde demandam o acompanhamento de um profissional habilitado.

Assim, não apenas os resultados aparecerão mais rapidamente, como também da forma correta.

Por isso, dependendo do objetivo, é essencial procurar um nutrólogo ou nutricionista.

Especialmente quanto a assuntos alimentares e do organismo.

Antes de fazer mudanças bruscas em sua rotina, lembre-se de consultar um médico, principalmente para fazer dietas e buscar a reeducação alimentar.




Voltar ao topo WhatsApp