Entre em contato com uma de nossoas unidades.

Quando procurar um neurologista? Listamos 6 motivos para você ficar atento

por

Para te ajudar, a Salve separou alguns dos principais motivos para consultar esse profissional, além de orientações que vão te ajudar a cuidar da sua saúde da melhor forma possível.

Você sabe quando procurar um neurologista? Confira 6 sintomas que podem indicar a hora de marcar uma consulta (Foto: Reprodução)

Saber quando procurar um neurologista pode ser essencial para identificar problemas graves e manter sua saúde em dia.

Muitas pessoas acreditam que esse médico é especialista apenas em doenças neurológicas, mas sua área é bem mais ampla. Um neurologista pode ser responsável por problemas na medula espinhal, envolvendo os nervos periféricos e até mesmo nos músculos.

Por isso, é fundamental ficar atento para outros sintomas que vão além da dor de cabeça, e saber quando procurar um neurologista no momento certo.

Para te ajudar, a Salve separou alguns dos principais motivos para consultar esse profissional, além de orientações que vão te ajudar a cuidar da sua saúde da melhor forma possível. Confira!

6 sintomas para ficar atento e procurar um neurologista

Com a correria do dia a dia, é comum que as pessoas deixem de lado alguns sintomas básicos, e procurem o neurologista quando o problema já está avançado.

No entanto, é fundamental se atentar para os sinais que seu corpo emite quando tem algo de errado, principalmente na região neural.

Por isso, a Salve separou 6 sintomas para ficar atento, que indicam quando procurar um neurologista.

Muitos desses indícios passam despercebidos, por serem comuns. Eles podem não significar nada, mas a prevenção é o melhor remédio! Confira:

6. Tontura

A tontura pode ocorrer em diferentes níveis e intensidades. Os neurologistas caracterizam esse sintoma como vertigem ou desequilíbrio, o que pode indicar algum distúrbio neural.

Caso você sinta vertigem, pode sentir que tudo está girando ao seu redor. Enquanto isso, desequilíbrio é a dificuldade de se manter em pé ou equilibrar seus movimentos.

A Salve indica procurar um neurologista quando a tontura for frequente, e começar a atrapalhar sua rotina.

5. Formigamento ou dormência

Os formigamentos e dormência nos membros são um dos sintomas mais comuns, e mais importantes de se atentar.

Você pode sentir formigamentos quando senta em cima da perna, por exemplo, ou fica por muito tempo segurando algo.

No entanto, quando a dormência acontece repetidas vezes, sem motivo aparente, e principalmente em apenas um lado do corpo, pode ser hora de visitar o neurologista.

Esses indícios podem indicar complicações graves, como um AVC por exemplo. Nesse caso, se o formigamento se intensificar em um curto período de tempo, procure um pronto-socorro imediatamente.

4. Problemas de memória

Todos nós esquecemos o aniversário de um parente em algum momento, ou talvez aquele dia de passeio de alguns anos atrás.

No entanto, se você começar a esquecer onde colocou suas chaves, ou o caminho para o trabalho, que você faz todos os dias, pode ser o momento de marcar uma consulta.

Problemas de memória são os primeiros sintomas de diversas doenças neurais, que podem prejudicar a sua qualidade de vida.

Além disso, os problemas de memória costumam vir com confusões mentais e dificuldades de fala, atenuando ainda mais os sintomas.

3. Problemas na visão

Problemas de visão costumam ser bastante comuns, e indicar uma série de adversidades.

Por exemplo, condições hereditárias que necessitam do uso de óculos, ou a idade chegando, o que provoca uma pequena fraqueza na visão.

Ao identificar problemas de visão, o primeiro pensamento da maioria das pessoas é procurar um oftalmologista.

No entanto, esse pode ser o profissional errado. Dificuldades para enxergar, visão embaçada e até mesmo apagões podem indicar problemas neurológicos ou no sistema nervoso.

Por isso, a Salve recomenda que você visite um neurologista, caso não identifique a origem do problema, ou ele continue se manifestando, mesmo depois de visitar outros especialistas.

2. Convulsão

Enquanto isso, existem alguns sintomas mais graves que indicam quando procurar um neurologista o quanto antes, como convulsões.

Ao contrário de outros indícios, ter convulsões não é comum no dia a dia. No entanto, elas podem passar despercebidas, quando não são explícitas, como cair no chão e desenvolver tremores.

Grande parte das convulsões são silenciosas, como ficar muito tempo encarando o mesmo ponto, fixamente, ter perda de consciência e fazer movimentos repetitivos e involuntários por um longo período.

Assim, é importante ficar atento para esse conjunto de acontecimentos, pois eles podem indicar convulsões e possíveis problemas neurológicos.

1. Dores de cabeça

Por fim, o principal sintoma que indica quando procurar um neurologista é, de fato, as dores de cabeça.

Esses indícios estão ligados diretamente a possíveis problemas neurais, no sistema nervoso ou desenvolvimento de doenças mais graves.

Por isso, é fundamental se atentar para o grau, a intensidade e a ocorrência das suas dores de cabeça. Caso evoluam para enxaquecas e sejam periódicas, não perca tempo e marque uma consulta.

Qual a importância de fazer exames de rotina?

Mesmo que você não apresente nenhum sintoma citado acima, a Salve recomenda que você faça exames de rotina periodicamente.

Muitas doenças são hereditárias e silenciosas, se desenvolvendo com o tempo e aparecendo apenas quando estão em um nível avançado.

Dessa forma, fazer exames de rotina pode prevenir essas complicações, além de garantir que está tudo certo com a sua cabeça.

Além disso, se você tiver casos de problemas neurológicos na família, como Alzheimer ou Parkinson, o acompanhamento regular é ainda mais importante.

Quanto antes detectar possíveis problemas assim, mais fácil será o tratamento e a adaptação.

E, claro, ao observar a incidência de algum dos principais sintomas que citamos, procure um neurologista o mais rápido possível.

Onde procurar tratamento com neurologista?

No caso de emergências, como convulsões, formigamento e dores de cabeça fortes, todo pronto-socorro possui um profissional de plantão. Ele poderá fazer os primeiros encaminhamentos.

No entanto, nós recomendamos que você procure um médico neurologista de confiança e qualidade, para te atender da melhor forma possível.

Além disso, grande parte das consultas exigem a realização de exames específicos. Assim, para evitar ter que ir em mais de um lugar, procure clínicas que oferecem consultas e exames em um só lugar, como a Salve.

A Salve é uma clínica popular, com preços acessíveis e neurologistas de qualidade, em todas as unidades.

Agora, estamos ainda mais próximos de você. Entre em contato pelo telefone (62) 3637-2773, ou mande uma mensagem no Whatsapp (62) 9 9993-2773.

Ou, se preferir, visite uma das nossas três clínicas, e marque uma consulta com nossos neurologistas. Lembre-se de visitar o médico regularmente, mesmo para exames de rotina.

●     Centro: Rua 6, n°430, St. Central – Goiânia (Ao lado da Flávio’s Calçados)

●     Pio XII: Av. Pio XII, Qd, 97, Cidade Jardim – Goiânia (Em frente a Big Lar)

●     Garavelo: Av. da Igualdade, Qd. 90, St. Garavelo – Aparecida de Goiânia  (Ao lado do Bradesco)




Voltar ao topo WhatsApp